11 dezembro, 2008

Será Lula de Novo?


Fonte: www.vermelho.org.br

A discussão sobre a sucessão presidencial em 2010 vai ser iniciada logo após o dia 20 de fevereiro do próximo ano, quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornar do seu período de férias. Nessa data, ele vai marcar uma conversa com PT, PCdoB, PSB e PDT, dando início aos contatos com os partidos da base aliada para discutir o assunto. O anúncio foi feito por Renato Rabelo, que esteve em reunião com Lula na noite desta quarta-feira (10).


“Não defendemos a continuidade de Lula, mas, diante da crise e se o governo souber enfrentá-la bem, pode existir uma exigência espontânea da população para que ele continue”, avalia o presidente do PCdoB. Rabelo citou o exemplo do ex-presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt e o New Deal, o plano com que o governante estadunidense combateu a crise de 1929. Roosevelt foi o único presidente que cumpriu quatro mandatos.


Ele adianta que o debate sobre a ampliação do mandato do presidente Lula, no momento atual, não tem respaldo maior no âmbito do Congresso, mas destaca que “até o ano que vem, se a gente resolver bem a crise, pode surgir ambiente para essa discussão.”


O líder comunista disse que repetiu ao presidente Lula o que já tinha dito na reunião de segunda-feira (8), do Conselho Político: “estamos numa encruzilhada, se nos sairmos bem da crise que atinge o mundo todo, o prestígio dele (Lula) aumentará ainda mais; a segunda vertente da encruzilhada é se não resolvermos a crise e ela se aprofundar e provocar desemprego, aí o impacto será negativo para o governo.”
Postar um comentário