26 maio, 2008

Barriga

No jargão jornalístico, barriga é uma notícia falsa.

Um bom trabalho de apuração é o antídoto contra a barriga.

A pressa é o maior aliado da barriga.

A pressa em culpar Lula por mais um desastre, foi a mãe dessa enorme barriga do PIG.



Seja testemunha da barrigada clicando nos links.

Portal imprenssa

Poltrona.

19 maio, 2008

Política: Final de semana badalado

O final de semana dos políticos timonenses foi agitado por duas grandes atividades partidárias.

No Sábado (17/05/2008) O PRTB, partido do ex-secretário municipal da limpeza, João Borges, realizou o I Seminário de Formação Política.

Muito prestigiado, o evento do PRTB reuniu seus pré-candidatos a vereador, seus militantes e lideranças partidárias da base governista no município.

O deputado Federal Sétimo Waquim e a prefeita Socorro se fizeram presentes e deixaram suas mesagens. No rol de obras e ações de governo apresentados pelos dois líderes pmdebistas, se destacaram o PAC e as 16 ambulâncias do SAMU. Detalhe: Ambos são frutos de recursos e iniciativas do governo federal. Isso não desmerece a competência do governo municipal em buscar os recursos disponívis, mas não deixa de ser um importante registro.

No domingo (18/05/2008) o Partido Progressista realizou, no Centro de Treinamento Professor Wall Ferraz, sua convenção de eleição do novo diretório municipal.

O encontro do PP foi marcado pela presença de uma militância muito animada.

Também se fizeram presentes líderes pepistas da direção estadual, líderes de diversos partidos no município, vereadores ,ex-vereadores, a prefeita municipal e o deputado Sétimo.

Nos discursos das lideranças governistas, novamente o PAC e as Ambulâncias.

Não se sabe se foi coincidência ou proposital, mas foram colocados lado-a-lado, na mesa de hornra os presidentes do DEM e do PT. Os dois conversaram muito e trocaram elogios recíprocos. Isso não seria um fato digno de registro se no final de semana anterior outros líderes petistas e democratas não tivessem trocados farpas ao vivo numa emissora de rádio local. Divergências à parte, prevaleceu a diplomacia dos dois presidentes.

Em seu discurso o líder municipal do PP, vereador José Carlos Assunção, disse que o partido tem total autonomia para realizar alianças às eleições de 2008.

15 maio, 2008

Chávez acusa Colômbia de tentar provocar guerra entre os dois países


A Venezuela pretende denunciar a Colômbia pela campanha que o país está fazendo contra o presidente venezuelano Hugo Chávez.

A decisão foi anunciada pelo país neste final de semana. A queixa será apresentada para organismos internacionais. Por meio de noticiários, a Colômbia relaciona Chávez à imagem de terrorista e acusa o presidente de manter relações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Fonte:RadioagenciaNP.

12 maio, 2008

É para frente

À primeira vista parecem contraditórios os discursos que versam sobre uma reunião comandada pelo governador Jakson Lago na sexta-feira (09/05/2008) e sobre a tal "Frente da Libertação".

Os órgãos governistas de imprensa dizem que a reunião ratifica para 2008, a reedição da "Frente" que elegeu Jackson em 2006. Os órgãos oposicionistas, por seu turno, dizem que a "Frente" não se reeditará, impedida pelos enormes conflitos existentes dentro da base governista.

Só à primeira vista parecem ser tão diferentes. Na verdade, esses discursos são apenas as duas faces de uma mesma moeda. Ambos analisam a reedição ou não da tal "Frente da Libertação", como afirmação ou negação da força política pessoal do governador Jackson Lago. Esses discursos são equivocados e propositadamente propalados, com o objetivo de confundir o eleitorado fazendo-o pensar o Maranhão tomando como parâmetros o sarneysmo e o não-sarneysmo.

Essa, definitivamente, não é a discussão importante. Ou pelo menos, não deveria ser.
Importante mesmo neste momento para nós é uma reflexão sobre as plataformas partidárias e a capacidade que têm os diversos partidos em dar respostas aos problemas e anseios da sociedade. O que é produtivo e interessante é identificação dos campos de ação e de ideários de cada partido para que o povo veja esses elementos refletidos em candidaturas e alianças que discutam e proponham um projeto de futuro para a sociedade.

Tenho a convicção que só a observação correta do ambiente político do Maranhão e dos elementos que permeiam esse processo de sucessão municipal, pode nos levar a uma acertada projeção de futuro para os municípios maranhenses para o Estado do Maranhão e para o Brasil.

Estou fatigado pelos velhos bordões. Não quero mais ouvir falar na "Frente". Para mim esse discurso batido e enfadonho é só uma forma de esconder a falta que faz um projeto de futuro. Não posso crer que a política maranhense produzirá algo melhor que o que já temos, com essa classe política que sobrevive apegando-se desesperadamente a elementos de um passado que, embora tenha seus reflexos no presente, de maneira alguma pode condicionar o futuro.

08 maio, 2008

"Dilma mentiu"....

Mas foi sob tortura.

Para Agripino Maia ela respondeu com uma dura verdade:
"...em 70 eu e o senhor estávamos em lados opostos senador..."

Isto não é mentira

Agripino apoiou a ditadura militar.

Hoje até o PIG teve que dar cartaz à ministra.

Dá-lhe Dilma.