02 setembro, 2013

CNBB, CUT e OAB articulam ação por reforma política

Fonte: RedeBrasilAtual (http://www.redebrasilatual.com.br)

CC/MIDIA NINJA
reformapolitica.jpg
Cresce organização da sociedade civil para pressionar Legislativo a trabalhar pela reforma política
São Paulo – Encontro em Brasília promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com a participação de representantes de diversas organizações da sociedade civil produziu um manifesto pela reforma política democrática e uma proposta de projeto de lei. Esses documentos serão entregues oficialmente, na próxima semana, aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal.
A reformulação do sistema político brasileiro, a diminuição da influência do poder econômico nas eleições, a regulamentação do artigo 14 da Constituição sobre a participação popular, a fidelidade partidária programática e o aperfeiçoamento da representação da sociedade civil no campo político são algumas das propostas aprovadas na reunião, realizada no dia 28 de agosto.
Entre as entidades que assinaram os documentos incluem-se a OAB, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), a Plataforma dos Movimentos Sociais pela reforma do sistema político, a Frente Parlamentar pela Reforma Política com participação popular, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC), a União Nacional dos Estudantes (UNE), a Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP), a Caritas Brasileira, além de representantes dos magistrados.

Empresários

Ainda no plano político, a CNBB promoverá em todo o país, de segunda (2) a quinta-feira (5), a 5ª Semana Social Brasileira, cujo tema será "O Estado que temos e o Estado que queremos". De acordo com o padre Nelito Dornelas, da CNBB, "vivemos uma crise de valores, em um Estado empresa, ainda a serviço das forças hegemônicas do capital."
O religioso acrescentou que os grupos que se reunirão na Semana Social vão debater, entre outros temas, o excesso de gastos com juros das dívidas públicas, e a situação dos indígenas, dos pescadores, dos quilombolas, além da atuação das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs).
Uma outra iniciativa da CNBB no campo político é o Projeto Nacional de Responsabilidade Social, com o slogan "Empresa com Valores", lançado no mês passado em São Paulo. Trata-se de uma parceria entre a Igreja Católica Romana e a Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas do Brasil (ADCE). O projeto consiste na organização de grupos de debate em todo o país para a elaboração de propostas e de experiências sobre responsabilidade social. Serão criados também espaços nas redes sociais da internet para a troca de informações.
Postar um comentário